Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Homem, de 26 a 35 anos
MSN - blogdofelipe@hotmail.com


.: Arquivos :.

- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 22/03/2009 a 28/03/2009
- 15/03/2009 a 21/03/2009
- 15/02/2009 a 21/02/2009
- 01/02/2009 a 07/02/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 11/01/2009 a 17/01/2009
- 04/01/2009 a 10/01/2009
- 28/12/2008 a 03/01/2009
- 07/12/2008 a 13/12/2008
- 02/11/2008 a 08/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 12/10/2008 a 18/10/2008
- 05/10/2008 a 11/10/2008
- 28/09/2008 a 04/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008
- 14/09/2008 a 20/09/2008
- 07/09/2008 a 13/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 24/08/2008 a 30/08/2008
- 17/08/2008 a 23/08/2008
- 10/08/2008 a 16/08/2008
- 03/08/2008 a 09/08/2008
- 27/07/2008 a 02/08/2008
- 20/07/2008 a 26/07/2008
- 13/07/2008 a 19/07/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 08/06/2008 a 14/06/2008
- 01/06/2008 a 07/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 18/05/2008 a 24/05/2008
- 11/05/2008 a 17/05/2008
- 04/05/2008 a 10/05/2008
- 27/04/2008 a 03/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 13/04/2008 a 19/04/2008
- 06/04/2008 a 12/04/2008
- 30/03/2008 a 05/04/2008
- 23/03/2008 a 29/03/2008
- 16/03/2008 a 22/03/2008
- 09/03/2008 a 15/03/2008
- 02/03/2008 a 08/03/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 17/02/2008 a 23/02/2008
- 10/02/2008 a 16/02/2008



.: Outros sites :.

- Box do Bi
- Man in the box
- Mesa pra três
- O homem moderno
- Simples Retalhos
- Metendo o Betelho
- Casa dos Trinta
- Blog do Renan
- Blog da poetinha
- Blog do Flavitcho
- casa dois


.: Votação :.

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


.: Visitantes :.

.: Créditos :.

Dream Melody Layouts
template by cecis




A FAVORITA

 

Não resisti a chance de comentar sobre a novela “ A Favorita”. Sim, quando dá eu assisto e acho muito interessante. E como uma grande maioria eu quero comentar sobre o capitulo de terça-feira que mostrou que Flora é a tão falada assassina.

 

Achei óbvio e por ser óbvio muito inteligente. Será que mais uma vez a vilã seria rica e fútil e a mocinha a pobre e mal vestida? Não dá para ficar nessa luta de classes para sempre.

 

Mas pelo que li e ouvi, ninguém gostou e audiência da novela caiu.

 

Credito isso ao mal estar que as pessoas sentem quando são enganadas, mas isso acontece com todo mundo e não só no folhetim global. Quem nunca conheceu uma Flora na vida? A boazinha que se faz de santa, de amiga, mas que no fundo é futriqueira, invejosa, maldosa e faz de tudo para te derrubar?  Essa “ Flora” está aí, na faculdade, no trabalho, na roda de amigos, é só olhar com atenção que a gente descobre.

 

E não é grana ou a falta de que faz com que as pessoas possam agir  dessa maneira. É caráter, índole, ou como eu prefiro acreditar, maldade mesmo.

 

Nem todo mundo é só bom ou só ruim,  e o que diferencia o homem bom do mal é a maldade que ele faz.  Simples assim.

 

E o interessante é saber conviver com isso e com essas pessoas. Todo mundo também já foi um pouco Flora em alguns momentos. Ser bonzinho para conquistar alguém, tentar mudar ou disfarçar algum comportamento para ser aceito e até fingir determinados sentimentos.

 

Por isso o capítulo incomodou tanto. Seria tão menos traumático se fosse a Donatela. A rica, fútil, desesperada  por festas e por grifes teria muito mais o perfil de uma assassina fria e calculista.  E sabe por que? Culpa do preconceito. A maioria  das pessoas não aceitam que as outras tenham tudo na vida e ser o assassino nesse caso seria uma espécie de vingança: “ ta vendo, tão rica, tão bonita, mas assassina”.

 

Inverter os papéis é sempre complicado. 

 

Por isso, nada melhor que o título da novela. Favorito não significa necessariamente ser o melhor e sim aquele que você escolheu. E como em toda escolha, se ganha e se renúncia ao mesmo tempo e nesse jogo,  não dá para saber qual é o mais certo.

 

Favoritar é arriscar, e eu tenho  os meus. Só não descobri ainda se estão mais para Flora ou Donatela.... e  por enquanto, diferente da novela, eu prefiro não descobrir. Fica melhor assim.

 

 

 

 



- Enviado por: Felipe às 08h30
[ ] [ envie esta mensagem ]

_________________________________________




TEORIA E PRÁTICA

 

Fábio tinha todos os predicados que faziam Janaina feliz: era másculo, viril, inteligente e ainda por cima bom de cama.

 

Quando se conheceram ao acaso, Janaina ficou interessada apenas em dar uns beijos naquele homem que fechava com os seus sonhos. Nada mais. Não queria e não estava preparada para viver naquele momento nenhuma paixão.

 

Saíram e realmente se curtiram. Janaina o achou diferente de todos os tipos com os quais tinha saído até então e nisso,  alguma luzinha lá dentro dela  deu um sinal de alerta.

 

Fábio não era de muitas palavras. Já Janaina era romântica  e toda dedicada. Na primeira noite que dormiram juntos ficou encantada quando ele, ao seu modo, lhe chamou carinhosamente de minha bebezinha. Foi a noite mais perfeita de sua vida.

 

Vera, a melhor amiga de Janaina já estava acostumada com seus arroubos de paixão. Afinal, ela apaixonava-se sazonalmente e isso não era mais novidade. Mas com Fábio, até Vera percebeu que era diferente. E como em toda boa amizade, a amiga apenas lhe disse para ir com cautela, afinal Fábio podia até ser seu príncipe, mas ainda havia alguns sapos a serem engolidos  nesse terreno pantanoso e desconhecido.

 

Não que não conseguisse ver os defeitos do moço, mas mesmo assim Janaina não dava a devida atenção a eles. Fábio era ligado em prazeres ilícitos e ainda por cima se dizia comprometido. Em outras situações, Janaina, toda certinha e alheia as coisas perigosas já teria pulado fora, mas  nesse ela resolveu ficar mais um pouco.

 

Para ela,  era mais que uma aventura, para ele ela ainda não sabia exatamente o que era, mas preferia deixar rolar. Se  dizem que grandes amores começam do nada, porque esse não poderia ser desse jeito também?

 

Saíram outras vezes, dormiram outras noites e a intensidade só aumentava. Não falava nada de sério com ele, deixava as coisas rumarem ao caminho que ele conduzisse. Se ele não ligava, ela também não ligava, apenas lamentava com Vera, sua amiga, a tão sofrida ausência.

 

Após uma longa viagem dele de férias, Janaina resolveu conversar sério com o rapaz. Percebeu nessa conversa que havia coisas que ela com toda certeza largaria para ficar com ele, mas que ele dificilmente abriria mão das dele em razão dela.

 

Janaina percebeu que,  assim como uma parede de quarto  pintada toda de vermelho só ficava bem na teoria, no caso dos dois também era assim. Na teoria se davam muito bem, mas na prática de fato não funcionavam.

 

Janaina dormiu aquela noite com  ele. No dia seguinte ele se foi. Para ela a história não havia ainda terminado, mas contrariando a canção,  ela sabia sim muito bem aonde daria aquele chamado e resolveu arriscar e amar até o fim.



- Enviado por: Felipe às 10h53
[ ] [ envie esta mensagem ]

_________________________________________